terça-feira, 15 de setembro de 2009

Competir na altitude, Colômbia...

Próximo dia 25 de setembro estarei competindo na Copa Panamericana da Colômbia, em Guatapé, a 2000m de altitude. Isto me lembra a única vez que competi nestas condições foi em 2005, também na Colômbia, mas daquela vez em Bogotá a 2.600m, pela foto da pra perceber quanto tempo faz!!! rsrsrs

Era um Campeonato Panamericano, e nos dias que antecederam a prova, achei que não sentiria a falta de oxigênio, pois não senti grandes diferenças nos treinos da véspera, a quase 3km de altitude!

Apenas por curiosidade, segue alguns dados sobre a densidade do ar em determinada altura:

Densidade do ar:
0m - 0,125
700m - 0,116
1200m - 0,110
2000m - 0,102
2300m - 0,094

Não sei muito o que estes números significam, mas quanto menor o coeficiente, menos oxigênio estará disponível...

Como moro em Curitiba, e estamos a 930m do nível do mar, acho que estou um pouco mais acostumado, mas isso não significa muito, pois o corpo apenas vai sentir a anoxia, ou seja a falta de oxigênio, próximo dos 2000m.
 
Competir na altitude pode ser até benéfico aos velocistas, pois o ar menos denso oferece menor resistência, mas passando de 2 minutos de esforço quem vai sentir é o pulmão!!!
 
Bom voltando pra prova em 2005 na Colômbia, eu sofri como este burro carregando pedras morro acima!!
 
 
Fiz uma boa largada, mas logo depois de uns 200m me faltou tanto ar, que passei a nadar costas pra conseguir respirar. Depois quando estabilizei a respiração fiz um baita esforço pra me manter num dos grupos que me alcançou, no ciclismo conseguimos juntar no primeiro pelotão, até fiz graça, e numa pequena fuga, fui o primeiro a entregar a bike!!

Mas já no início da corrida acho que nem com dois pulmões eu teria ar!!! hehaheha Corri sofrendo muito e acabei em 10ºlugar!!
 
 
Depois da prova, eu e Bruno Matheus, conhecendo a cidade decidimos escalar o Morro de Monserrat... chegamos a 3.500m... E numa idéia de giríco, quando havistamos o topo, faltando uns 200m apostamos uma corrida!!

Meu Deus!! ali sim meu pulmão quase virou do avesso! ficamos uns 5 minutos esperando o fôlego voltar!! Mas ganhei o sprint!!!! Numa revanche, pois na prova ele que me ganhou!!! rsrsrs
Bom, semana que vêm, vou descobrir se a 2000m, com 600m a menos de Bogotá, serão menos severos!! rsrsrs 

7 comentários:

Anônimo disse...

Caracas, faz um tempinho...rsrss
E ainda vc naum me mandou as fotos!!!

Ab.
Bruno MAtheus

TUCO disse...

Vai dar certo... Abração e boa prova Mauro!

Pablo Bravo disse...

Que juba em Mauro hehehe...parece até o baixista do Bon Jovi hehehe
Boa sorte Mauro....
Grande Abraço

Joka disse...

Cabeleira em!!! kkkk Boa sorte guerreiro.Detona!!!!!!!!!!!

Mauro Cavanha disse...

ehheeh Essa foto foi no ápice da minha cabeleira!! rsrsrs
Bruno!! me manda seu email!!
tenho muitas fotos!!!
Abraços..

Anônimo disse...

"Mas já no início da corrida acho que nem com dois pulmões eu teria ar!!!"... Vc tem um pulmão só???????????

Mauro Cavanha disse...

Anônimoooo!!!
Acho que a falta de ar também é por causa da naftalina que sobe na hora de competir!! ehauehaueh
Esse era o motivo da piada, porisso a risada depois da frase, que inclusive deixei ilustrada, para os que tivessem dúvidas com relação a fisiologia do órgão!!! rsrsrs
valeu!!!!